BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Há Momentos


Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.

Clarice Lispector
By:Mariia =)

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Tudo por nada

Se eu soubesse que ia ser assim
Tudo por nada.
E confesso que eu acreditei
em meias-verdades

Você nunca me disse
Te amo
Mas também não disse que não
Enquanto eu fazia
tantos planos

Que você nunca vai saber
Nunca vai saber
Quando você ama alguém que não te quer
Quando há um outro homem, outra mulher
Mesmo assim ainda te amo
Mesmo sabendo que eu
Posso, de repente
Ser o outro
Não posso te esquecer
Se eu soubesse que ia ser assim
Desde o começo
Não teria te ligado não
Mas bem que eu mereço
Alguém tão diferente,
brilhava
E parecia querer
Aquilo que eu sempre
sonhava
E que você não soube ser
Você não pode ser
Quando você ama alguém que não te quer
Quando há um outro homem, outra mulher
Mesmo assim, ainda
Te amo
Mesmo sabendo que eu
Posso, de repente
Ser o outro
Eu não consigo te esquecer
Não posso te esquecer
Se eu soubesse que ia ser assim
Tudo por nada.

Paulo Ricardo

By:Mariia =)

terça-feira, 27 de abril de 2010

A cruz e a espada


Havia um tempo em que eu vivia
Um sentimento quase infantil
Havia o medo e a timidez
Todo um lado que você nunca viu
E agora eu vejo aquele beijo
Era mesmo o fim

Era o começo e o meu desejo
Se perdeu de mim
E agora eu ando correndo tanto
Procurando aquele novo lugar
Aquela festa
O que me resta
Encontrar alguém legal pra ficar
E agora eu vejo
Aquele beijo
Era mesmo o fim

Era o começo e o meu desejo
Se e perdeu de mim
E agora eu vejo
Aquele beijo
Era mesmo o fim
Era o começo e o meu desejo
Se perdeu de mim
E agora é tarde
Acordo tarde
Do meu lado alguém
Que eu nem conhecia

Outra criança adulterada
Pelos anos que a pintura escondia.

Paulo Ricardo- A cruz e a espada.

By:Jéh

terça-feira, 20 de abril de 2010

De mulher ,Pra mulher.....


Você já ficou esperando aquele carinha super mara te ligar? Já? Então você vai entender do que eu estou falando nesse post, e com certeza você já deve ter ouvido ou lido algo parecido por ai.

Então não vou falar de como é péssimo esperar que ele ligue ou como eles são estúpidos por não ligarem quando dizem que vão ligar. Nada disso, meu assunto aqui é outro.

Vim aqui pra falar sobre a globalização. Aí você pergunta: "E o que a globalização tem a ver com meu bofe?" Ai eu te respondo: " Se o seu bofe for igual ao meu benhê... tudo!"

Enfim vamos lá... Hoje em dia as pessoas tem celular, e-mail, msn, orkut, twitter e mil e um meios de comunicação, tudo culpa da globalização e a necessidade de se comunicar com as outras pessoas mais facilmente, enfim, o meu bofe tem orkut, tem e-mail, tem msn e celular, mas com todos esses meios de comunicação se comunicar com ele é muito complexo.

Aí você pergunta: “Porque?”.

Aí eu te respondo, muito simples porque eu fico neurótica [como toda mulher normal nesse mundo, [sim porque na minha concepção mulher normal sempre tem uma ou outra neurose, duvido que a Gisele não tenha nem uminha, voltando ao foco!] de tantos meios de comunicação possíveis sou quase que obrigada a checar cada um deles de dez em dez minutos para ver se um contato não foi realizado...

Pense na simplicidade que era quando você só precisava esperar ele ligar agora ele pode te ligar, te mandar um e-mail, entra no msn ou simplesmente te deixar um scrap no orkut! OMG, quem agüenta isso? Eu não!!!

No início eu era neurótica deixava o pc on-line e verifica sempre agora com o tempo aprendi a abstrair e verifico de meia e meia hora ou de uma em uma hora [afinal ninguém é perfeito, muito menos eu!]!

Pois então ai vai minha dica: amigaaaaaa abstraia, sempre procure abstrair porque senão quando ele finalmente ligar pra marca um encontro você vai perceber que não fez as unhas, sua chapinha já partiu a muito tempo, e você ta com uma cara de derrota que vai fazer o bofe fugir, e mesmo que ele não ligue nem um outro cara vai querer você com uma aparência dessas!

Obrigada por nada!





Lembra de quando nos conhecemos? Eu tinha medo disso e daquilo, como sempre tive, e você parecia saber de tudo no mundo. Quase nada te assustava. Era o que parecia. Rimos muito aquele dia, porque eu caí, como eu sempre caio. A sorte foi que você me segurou, e assim ficou até hoje. Me segurando, sem soltar. Me solta?
Tudo que começa mal, acaba mal, ou é só mais uma das coisas que só acontecem comigo?
Te vejo hoje, com os mesmos olhos que via antes, mas não com a mesma ternura. Não com a mesma vontade de enxergar. E você? Alguma vez já me viu, ou foi tudo uma questão de estar no lugar certo, na hora certa? As coisas que eu tenho dito, não fazem mesmo nenhum sentido. Nem pra mim, que dirá pra você (ou alguém). Voce me fazia rir. Hoje me sufoca e tudo o que eu sentia, está realmente acabado.
Eu fiz chover em muitas noites por achar que o problema fosse eu. O problema sempre sou eu.
Mas hoje fez sol, porque não era eu. Era você. Sempre foi você.

Ps: Não precisa me ligar, eu não vou mais atender. Tenha uma boa vida. De verdade.
Obrigada por nada!

By:Jéh =]

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Últimos segundos

(...)Corra e cole os pedaços, corra e segure meus pés no chão porque eu estou quase voando, ou me faça voar novamente com você. Por favor, não espere o sanduíche ou a festa do ano, não espere a minha próxima assoada de nariz e a minha cara assustada perdida na sua ausência. Venha logo, traga de volta a minha certeza, não deixe, por favor, não deixe(...)Não espere o horário do trânsito livre, não espere ouvir o que você não quer, não espere a vida dar merda para colocar a culpa na vida.
Eu ainda estou aqui por você, limpa, ilesa, sua. Mas cada milímetro do meu corpo me implora por vida, por magia, por encantamento. (...)Eu lembrei que enxergar sem pretensões você dormindo, com o seu ombro caído pra frente fazendo bochechas de criança na sua cara feliz, é a visão do paraíso pra mim.
(...)Eu preciso que você me lembre de que eu não preciso de mais nada, que mais nada é tão perfeito e que podemos ser um casal imbatível.
Caso tudo isso seja um trabalho inconsciente para me perder, parabéns, você está conseguindo. Mas se ainda existir dentro de você alguma esperança, eu preciso demais que você me abrace e me faça sentir aquilo novamente. É fácil, basta você querer, eu ainda quero tanto.
Venha agora, não espere o músculo, a piada, o botão, o calo, a saudade, o arrependimento, o vazio. Eu preciso sentir que você ainda sente, eu preciso que o seu coração dê um choque no meu,
eu preciso saber que seu peito ainda aperta um pouco quando eu vou embora e se espalha como borboletas nas veias quando eu chego.
(...)Eu ainda preciso que você me ache bonita, se surpreenda, me comemore e esqueça um pouco de todo o resto pra se encantar sem medo do tempo. Não me tire a razão, não me tire a honra, não me faça estragar tudo só para sentir o vento na cara de novo e a música alta. Berre e assopre em mim enquanto é tempo. (...)Venha agora, ganhe a corrida, passe todo o resto pra trás, é você quem eu continuo eternamente esperando na linha final.
Tati Bernardi
By:Mariia =)

sábado, 17 de abril de 2010

Nunca destrua o meu carinho por você.

Dessa vez, com você, eu queria que desse certo. Que eu não te largasse no altar. Que eu não te visse com outra. Que eu não tivesse raiva. Que você não passasse a comer de boca aberta. Que você entendesse o meu problema com chãos de banheiro molhados pra sempre.Que você gostasse e cuidasse de mim como disse ontem à noite que cuidará. Eu quero que dê certo, não estraga, por favor. Não estraga não estraga não estraga. Posso pôr um post-it na sua carteira? Mesmo que a gente não fique juntos pra sempre. Mesmo que acabe semana que vem. Nunca destrua o meu carinho por você. Nunca esfrie o calorzinho que aparece dentro de mim quando você liga, sorri ou aparece no olho mágico da minha porta. Mesmo que você apareça na porta de outras mulheres depois de me deixar. Me deixe um dia, se quiser. Mas me deixe te amando. É só o que eu peço.

Tati Bernardi
By:Mariia !

Maria Rita-Não Vale a pena

Ficou difícil
Tudo aquilo, nada disso
Sobrou meu velho vício de sonhar
Pular de precipício em precipício
Ossos do ofício
Pagar pra ver o invisível
E depois enxergar

Que é uma pena
Mas você não vale a pena
Não vale uma fisgada dessa dor
Não cabe como rima de um poema
De tão pequeno
Mas vai e vem e envenena
E me condena ao rancor
De repente, cai o nível
E eu me sinto uma imbecil
Repetindo, repetindo, repetindo
Como num disco riscado
O velho texto batido
Dos amantes mal-amados
Dos amores mal-vividos
E o terror de ser deixada
Cutucando, relembrando, reabrindo
A mesma velha ferida
E é pra não ter recaída
Que não me deixo esquecer

Que é uma pena
Mas você não vale a pena

"Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que quase me deixa exausta. Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo. Eu sei chorar toda encolhida abraçando as pernas. Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, vísceras, e falta de ar.""

"Minha liberdade é escrever. A palavra é o meu domínio sobre o mundo. Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..."

Clarice Lispector

By:Mariia !=)

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Será que sou a única idiota do mundo?

Olho para a pilha de papéis que devo ler e anotar em vermelho e penso: caguei.
Preferia umas cem vezes te ver saindo do banho novamente, limpo de mim.Pronto pra se sujar de mim novamente.Aí olho para essa pilha de livros que ensinam a roteirizar e penso: grande merda.Prefiria repassar pela milésima vez o roteiro que começa com você me beijando mais intenso, evolui pra você me beijando mais pra baixo e termina com você me beijando já sem forças.(...) Chegou um e-mail com a programação completa do meu curso de yoga.Chegou outro com uma planilha de Excel cheia de datas que eu devo cumprir.Chegou outro com a mais nova modalidade de assalto na Henrique Schaumann.Grande bosta.Eu só queria que chegasse um e-mail seu.Ou melhor: que você chegasse ao vivo.E que você me trouxesse aqui a sua barriga, a sua nuca, a parte mais branca das sua coxas, a sua cara de bravo até pra sentir prazer e o seu cheiro de cigarro com amaciante.Me traz você, por favor.Me traz e leva embora todas essas coisas chatas que só servem para ocupar minhas horas enquanto você não chega.(...) A internet me diz que a crise aérea não tem solução.E essa minha saudade de você? Será que tem?Não, o segundo casamento não é uma praga papa, praga é sentir isso.Praga é acumular jornais, revistas, livros e papelada.Tudo sem ler. Tudo sem sentir.(...) Aí eu tomo um banho bem quente, pra te espantar da minha pele.E canto bem alto, pra te espantar da minha alma.E escovo minha língua bem forte, pra separar seu gosto do meu.(...) E eu escrevo um parágrafo e corro pra ver se tem e-mail.E eu escrevo uma linha e corro pra ver se tem mensagem de texto.E eu não escrevo nada e também não corro, apenas deixo você chegar aqui do meu lado, em pensamento.E me pego sorrindo, sozinha.E me pego nem aí para todo o resto.Mas sabe o que acontece enquanto isso?Enquanto eu não me movo porque estou lotada de você e me mover pesa demais?O mundo acontece.O mundo gira.As pessoas importantes assinam contratos, ganham dinheiro.As pessoas simples lutam por um lugar na condução, um lugar no mundo.Estão todos lutando.Estão todos ganhando dinheiro.Estão todos fazendo algo mais importante e mais maduro do que suspirar como uma idiota e só pensar em você.Eu tenho muita inveja dessas pessoas maravilhosas, adultas, evoluídas e espertas que conseguem separar a hora de ir a uma reunião de condomínio com a hora de desejar alguém na escada do condomínio.A hora de marcar o dentista com a hora de engolir alguém.A hora de procurar a palavra "macambúzio" no dicionário com a hora de se perder com as suas palavras que de tão simples parecem complexas.A hora de ser inteira e a hora de catar meus pedaços pelo mundo enquanto você dá sinais desmembrados.Eu não consigo nada disso, eu me embanano toda, misturo tudo, bagunço tudo.A minha única dúvida é se sou a única idiota a fazer isso comigo ou se sou a única idiota a admitir que faço isso comigo.

Tati Bernardi

Inevitável te querer
Insuportável te perder
Incontrolável me conter
cada vez que meu coração te vê
Indecifrável teu poder
Inexplicável ter você
Insuportável te esquecer
Depois de tudo tento te entender...


Mesmo que...

Mesmo que você não venha, eu vou te esperar. Mesmo que você não ligue, eu vou ouvir o telefone tocar. Mesmo que você não aprecie, é por você que eu vou me arrumar. Mesmo que você não lembre, eu não vou te esquecer. Mesmo que a Lua não apareça, eu vou olhar para ela pensando em você. Mesmo que não tenha mar, eu vou perguntar para onde aquela onda te levou. Mesmo que não tenha vento, eu vou pedir à brisa que te traga. Mesmo que você não precise, eu vou querer ser necessário. Mesmo que eu não saiba a letra, eu vou cantar para você. Mesmo que você não passe, eu vou continuar olhando. Mesmo que você não ouça, eu vou continuar te chamando. Mesmo que eu não queira o seu apelido, eu vou querer ter seu nome completo. Mesmo que eu já saiba o final, eu vou rever aquele filme. Mesmo que eu não saiba os passos, eu vou refazer os seus caminhos. Mesmo que eu me deite só, é em você que eu vou pensar antes de dormir. Mesmo que o perfume acabe, eu ainda vou sentir seu cheiro. Mesmo que as cores sumam, ainda será tudo colorido quando eu me lembrar do que há de bom em você. Mesmo que eu me canse, eu vou te procurar pela cidade. Mesmo que eu não te encontre, eu ainda vou te levar comigo. Mesmo que você não creia em Deus, eu vou ajoelhar e pedir a Ele que te proteja. Mesmo que você não saiba, mesmo que você não leia, mesmo que você apague, mesmo que você desista, mesmo que nada dê certo e eu descubra um novo sonho. Ainda assim, eu vou querer sonhar com você outra vez. Mesmo que, ainda que, embora, contudo, sobretudo, por tudo, será sempre você e mais ninguém.

Ruleandson do Carmo


E agora, o que eu vou fazer?
Se os seus lábios ainda estão molhando os lábios meus?
E as lágrimas não secaram com o sol que fez? E agora como posso te esquecer?
Se o seu cheiro ainda está no travesseiro?(...) Espero que o tempo passe
Espero que a semana acabe Pra que eu possa te ver de novo Espero que o tempo voe
Para que você retorne Pra que eu possa te abraçar E te beijar De novo E agora, como eu passo sem te ver?

Nando Reis

terça-feira, 13 de abril de 2010

Superação total...

Ainda vai levar um tempo
Pra fechar
O que feriu por dentro

Natural que seja assim
Tanto pra você
Quanto pra mim...

Ainda leva uma cara
Pra gente poder dar risada
Assim caminha a humanidade
Com passos de formiga
E sem vontade...

Não vou dizer que foi ruim
Também não foi tão bom assim
Não imagine que te quero mal
Apenas não te quero mais...


Lulu Santos- Assim caminha a humanidade!

Uma musica de superação as vezes eh bom!

By: Jéh =]


segunda-feira, 12 de abril de 2010

Borboletas...

...Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia nós percebemos que as mulheres têm instinto "caçador" e fazem qualquer homem sofrer ...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como "bonzinho" não é bom...
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos
todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas
as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de
se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas…
É cuidar do jardim para que elas venham até você.


Mário Quintana


By: Jéh =]

domingo, 11 de abril de 2010

Eu não gosto de você...

Estou há horas no MSN e sobe a plaquinha de você entrando. Paro tudo que estou fazendo e repito em mantra: eu não gosto dele, eu não gosto dele, eu não gosto dele.(...) Espero você vir falar comigo. Um, dois, três, dez segundos. Meu coração dispara, mas eu mando ele parar.(...) Cansei de ser sempre aquela garota certinha, bonitinha, perfeitinha.(...) Chega. Dessa vez vou acertar(...)Eu gosto das pessoas pelo prazer de gostar e não porque deu tempo de gostar delas. E ninguém entende nada.(...) Você não sabe por que eu não respondo seus emails há dois dias. Eu te conto que é porque estava muito muito ocupada. Minhas amigas sempre usam essa desculpa.(...) Mas dessa vez tô ignorando as mensagens. Mesmo que a caixa de entrada fique aberta o dia todo esperando um email seu. Mas você jamais vai saber disso.(...) Você é diferente, mas eu não to afim de arriscar não. Chega.
Você me salvou. Eu não agüentava mais pensar nos mesmos caras que eram sempre os mesmos caras. Com as mesmas roupas, com os mesmos assuntos, andando com os mesmos amigos.(...) Já perdi a conta do quanto a gente já conversou e apesar de eu me encantar com os seus olhos, com as suas palavras, com a sua inteligência e esse charme blasé de quem sabe o que quer... Eu nunca te elogiei. Eu quero eternizar o seu sorriso lindo – mas eu nunca falei dele pra você. Nem falei do seu cheirinho bom. Que é o cheiro de uma nova vida que eu estava precisando tanto. Não quero falar que te adoro principalmente porque eu já nem sabia mais como era adorar alguém novinho em folha antes de você aparecer. Não, eu não vou sonhar com você. Chega de sonhar com passeios de mãos dadas. Dessa vez vou fazer tudo direito. Chega.(...) Acredito no amor pra sempre. Acredito em alma gêmea. Você nem sonha com essas coisas porque só conversamos coisas leves e engraçadas. E alguns assuntos cabeça também pra eu poder saber o quão inteligente você é.(...) Eu corro pro espelho e repito cem vezes que EU NÃO GOSTO DE VOCÊ. Não gosto de você. Não gosto de você. Porque se eu gostar de você, eu sei que você vai embora. Pra mais longe ainda. E eu simplesmente não agüento mais ninguém indo embora. Porque nesse mundo maluco só se dá bem quem ignora completamente a brevidade da vida e brinca de não estar nem aí para o amor.(...) Estou morrendo de vontade de ser eu, mas ser eu só tem me feito perder e perder. E eu quero ganhar. Só dessa vez. Chega. Mas eu quero me dar de bandeja pra você. Dizer com todas as letras: A-P-A-I-X-O-N-A-D-A! Boba. Louca por você. E dentro de mim uma voz diz: vai, fala. Se abre. Revela. Vive um dia e já está bom. Mas não. Depois eu demoro semanas pra me levantar porque fui intensa e vivi um dia. Não agüento mais nada disso. Por isso, dessa vez, eu não vou gostar de você. Tchau. Digo que vou sair do MSN porque estou cansada e trabalhei muito. Você jura que eu não estou nem aí pra você. Melhor assim. Dessa vez quero fazer tudo certo.(...) Aí eu fico off line e olho aquele bonequinho verde do lado do seu nome. Três segundos e você também sai. A minha vontade é te ligar, pra contar o quanto gosto de você. E te pedir em namoro. E me declarar. Falar palavras lindas, frases perfeitas, poéticas, sensíveis. Mas não! Eu sou uma mocinha. E mocinhas só se declaram depois de um mês de namoro. Ou depois que o garoto fala que gosta delas. Dessa vez vai ser assim. Chega.E se você não desistir mesmo com todo esse teatro que eu estou fazendo... Vai ser a prova de que eu precisava pra saber que você realmente vale a pena.


Tati Bernardi

By:Mariia =)

Música

As pessoas seguram uma risada quase de pena. Mas se ele nem morava aqui, mas se ele não ficou mais do que uma semana com você, mas se já faz tempo que ele se foi, sem nunca ter sido. Então o quê? Nem eu sei. Mas sei da minha enxaqueca que já dura uma semana. Latejando sem parar. O coração que subiu nos meus ouvidos. Gritando que sente falta e pronto(...)Não tem poesia nem palavra difícil e nem construção sofisticada. O amor é simples como sorrir numa droga de fila. E não se sentir mais sozinho e nem esperando e nem desesperado e nem morrendo e nem com tanto medo(...)Voltei a achar todo mundo feio e bobo e sem nada a dizer(...)Quando alguém não entende o meu amor, eu lembro daquele dia que você não queria tocar violão pra mim. Até que dedilhou reclamando que não era o seu violão. Daí tentou uma música conhecida. Tentou uma menos conhecida. Daí tocou uma sua, com a voz baixinha e olhando pro nada. E então me encarou e cantou com a voz alta. E então largou o violão, me encarou e cantou bem alto a sua dor, de pé, na minha frente, e eu achei que meu peito ia explodir. E ri achando que você ia sair correndo e dar um show na padoca da frente. E naquele momento eu pensei que poderíamos ser infinitos se fossemos música. E isso explica tudo, mas ninguém entende. Você entende. Mas cadê você?
Quando vai dando assim, tipo umas onze da noite, o horário que a gente se procurava só pra saber que dá pra terminar o dia sentindo algum conforto. Quando vai chegando esse horário, eu nem sei. É tão estranho ter algo pra fugir de tudo e, de repente, precisar principalmente fugir desse algo. E daí se vai pra onde?

Tati Bernardi !

By:Mariia =)

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Eu quis dizer
Você não quis escutar
Agora não peça
Não me faça promessas...
Eu não quero te ver
Nem quero acreditar
Que vai ser diferente
Que tudo mudou...

Você diz não saber
O que houve de errado
E o meu erro foi crer
Que estar ao seu lado
Bastaria!

Ah! Meu Deus!
Era tudo o que eu queria
Eu dizia o seu nome
Não me abandone...
Mesmo querendo
Eu não vou me enganar

Eu conheço os seus passos
Eu vejo os seus erros
Não há nada de novo
Ainda somos iguais
Então não me chame
Não olhe prá trás...

Você diz não saber
O que houve de errado
E o meu erro foi crer
Que estar ao seu lado
Bastaria!

Ah! Meu Deus!
Era tudo o que eu queria
Eu dizia o seu nome
Não me abandone jamais...

Peeeerfeita!

Meu Erro-Paralamas do Sucesso.

By:Jéh =]

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Parada

Sei todos os ângulos de ir, mas vivo no lugar de quem fica. Estou na estação há tanto tempo. E sempre tem gente chegando e indo. E sempre tem amor e bala e dinheiro e cama e água e fins de tarde bonitos e brinquedos e catracas com a segurança de uma novidade de sempre. Em alguns momentos fica o equilíbrio terrível de nunca ir. Fica a dor terrível de todo mundo que foi. Fica a ansiedade terrível de todo mundo que tem pra chegar. Agora. Agora. A cada volta de uma piscada eu tenho minha esperança renovada. Mas nenhum desses silêncios chega perto do som que é viver ouvindo o mundo se locomovendo enquanto só tento enxergar de olhos bem abertos sem me mexer(...)Eu sou uma estação, é isso. Assim não dói além porque eu sei, desde o começo, que sou passagem. Então, vão, mas logo apita de novo. E é sempre movimentado, mesmo quando apagam as luzes e a vida dos outros descansa da minha parada. Existe o movimento que fica atrasado no ar e durmo embalada por tanta coisa que quase parece coragem. Até que hoje, não sei se porque enjoei dessa casa da infância, não sei se porque às vezes o amor é mesmo mais forte que mil anos de segurança. Eu pisei tremendo na escada e o homem da catraca era tão diferente de todo mundo e, pela primeira vez, as placas e mulheres do caixa e bilhetes e pessoas e brinquedos coloridos e apitos e fins de tarde e moças da limpeza. Ninguém tentou me agarrar porque era como se o mundo dissesse “acho que são cinco da tarde e uma hora você precisa ser mulher”. E eu pedi socorro. Eu não sei sair daqui mas quero ir com você. Eu tenho cinco anos de idade mas quero ir com você. Tudo me dói tanto e eu tenho tanto medo mas tudo bem, vamos lá. Na próxima parada só me lembra que é bom eu fazer xixi e comer alguma coisa porque tô te achando tão bonito que talvez eu esqueça.

Tati Bernardi

By:Mariiaaa =)

Vivendo e aprendendo (Literalmente...)

EU APRENDI
Que quando você está amando dá na vista;
EU APRENDI
Que basta uma pessoa me dizer “Você fez meu dia” para ele se iluminar;
EU APRENDI
Que Deus não fez tudo num só dia; O que me faz pensar que eu possa?
EU APRENDI
Que ignorar os fatos não os altera;
EU APRENDI
Que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas está permitindo que essa pessoa continue a magoar você;
EU APRENDI
que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;
EU APRENDI
Que a maneira mais fácil para eu crescer como pessoa é me cercar de gente mais inteligente do que eu;
EU APRENDI
Que cada pessoa que a gente conhece deve ser saudada com um sorriso;
EU APRENDI
Que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;
EU APRENDI
Que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;
EU APRENDI
Que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.
EU APRENDI
Que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;
EU APRENDI
Que devemos sempre ter palavras doces e gentis pois amanhã talvez tenhamos que engoli-las;
EU APRENDI
Que um sorriso é a maneira mais barata de melhorar sua aparência;
EU APRENDI
Que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;
EU APRENDI
Que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você está escalando-a;
EU APRENDI
Que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.

William Shakespeare

By:Jeh =)

Chuva

Eu nunca tinha visto uma chuva tão forte. Não eram gotas, era como se o mundo tivesse desabando em água. Era como estar embaixo de uma cachoeira do tamanho de uma cidade(...)
Era impossível não pensar no 2012, por mais que eu ache esse papo maluco e chato(...) Era isso, o mundo que não se controla. A ordem caótica que, de repente, vira apenas caos e pensamos “como é que tinha ordem antes mesmo?”. E ganha quem tem mais desespero no peito(...) Se dói tanto amar, porque continuamos. Se dá tanta solidão pagar contas e impostos, porque continuamos. Se as relações são feitas também de tanta maldade, por quê? Se arranhamos e beliscamos tanto só pra tocar alguém. Se o corpo dói só porque não aceitamos pedir carinho. Mas é preciso se entregar em casa. Depois se pensa a respeito ou, com muita sorte, o cansaço vence querer entender tudo(...)


Tati Bernardi

By:Mariiaa

terça-feira, 6 de abril de 2010

Se me mantenho respirando é porque lembrei-me de tudo, cada palavra e sorriso, da maneira como costumava ser.

E respirando percebo que há mais de você em mim do que vida!

E você estará em mim, todas as vezes em que eu recriar essa história. E eu estarei aqui, pelo tempo em que você me prender em suas memórias!


HellenColly

By: Ve Mazza

"Então vocês vão se distanciando e quando vocês se encontram, vocês vão falar assim: oi, tudo bom e tal, como é que vão as coisas? E aí ele vai te falar por cima de tudo o que ele viveu e, não sei, vai ser uma proximidade distante. Não adianta, no momento que as pessoas se afastam elas estão irremediavelmente perdidas uma pra outra"

Tati Bernardi

By:Mariia

Carta de Amor

-Não quero alguém que morra de amor por mim...
Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando.
Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade.
Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim...
Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível...
E que esse momento será inesquecível...
Só quero que meu sentimento seja valorizado.
Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.
Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento...
E não brinque com ele.
E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.
Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe... Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz.
Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito e serei plenamente feliz.
Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas...
Que a esperança nunca me pareça um "não" que a gente teima em maquiá-lo de verde e entendê-lo como "sim".
Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder dizer a alguém o quanto ela é especial e importante pra mim, sem ter de me preocupar com terceiros... Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.
Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... Que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim...e que valeu a pena !

Mário Quintana

By Jéh! =)

Gosto de gente de verdade. Se você não consegue ser, por favor, não perca o seu tempo comigo. Sempre fui de me dar assim, refazendo verbos, iniciando frases, completando palavras. E quando alguma coisa falta, tudo bem, existe abraço que fala, olhar que entende, sorriso que é cúmplice. A gente precisa perder a mania de complicar as coisas. Sei que escrever é bonito e viver às vezes dá um trabalhão. Me complico também, não pense que não. Mas sou toda de verdade, entende? Por mais que saia da boca alguma coisa com um quê de inverdade, os olhos nunca traem o que faz meu coração bater ou ficar mudo. E ele perde a voz muitas vezes. Ou fica rouco. Louco. Coração, você sabe, é um pouco temperamental e difícil de conviver, ainda mais o meu.
O que eu peço é que você seja sempre de verdade também. Que me queira assim, imperfeita e cheia de confusões. Que saiba os momentos em que eu preciso de uma mão passando entre os fios de cabelo. Que perceba que às vezes tudo o que eu preciso é do silêncio e do barulho da nossa respiração. Que veja que eu me esforço de um jeito nem sempre certo. Que veja lá na frente uma estrada, inteiramente nossa, cheia de opções e curvas. E que aceite que buracos sempre terão. O que eu peço é que você me veja de verdade. Que não queira a melhor mulher do mundo. Que você olhe dentro de mim e veja o que eu sou, com meus momentos de sabedoria, esperteza, alienação e ingenuidade, porque eu nunca vou saber tudo. E entenda que de vez em quando faço questão de não saber nada. Que você note que eu faço o melhor de mim e vezenquando desconheço o que eu realmente posso ser. Peço que você tenha paciência grátis e um colo que não faça feriadão. Que me ensine mais, a cada dia, o meu. E o seu.
Ouvi falar que algumas coisas, quando são muito ditas, acabam perdendo o sentido que deveriam ter. É aquela velha história do tempo. Vamos dar um tempo. Se o casal resolve dar um tempo sempre o bendito tempo acaba perdendo o seu valor. Eu quero que o tempo nos dê todo o tempo do mundo, só assim poderemos nos descobrir mais e mais vezes. Porque tudo é uma constante descoberta, por mais que já pareça o suficiente. Tem a outra velha história do terminar. Uma briga e ah, vamos terminar. Outra briga e está tudo terminado. O terminar perde o sentido e uma briga tola se transforma em fim. Dizem que quando o eu te amo é muito dito ele não vira mais um eu te amo, passa a ser um bom dia ou um oi, tudo bem? Isso me preocupou, logo que eu soube, porque a gente diz muito e sempre. Eu te amo, eu te amo, eu te amo. É que amores grandes assim não cabem dentro do peito, precisam de espaço. Saem pela boca, dedos, olhos. E quer saber? Quem diz isso não deve amar assim não. Porque quando a gente ama não se guarda.

"Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR"


Clarice Lispector

by:Jéh

Sim, eu estou cansado. Não, eu não aguento mais machucar meu coração. Não suporto mais me decepcionar com as pessoas, descobrir que elas não gostavam de mim ou que elas não gostavam sequer delas mesmas. Tem sido difícil dormir e acordar no mesmo pesadelo por repetidas vezes. Já sinto vergonha de contar ao meu coração que me apaixonei de novo. Já não sei mais com que cara e de que jeito contar aos amigos que não deu certo mais uma vez. Será que já não gastei toda a minha cota de desilusões pelas próximas dez encarnações? Alguém aí que comanda esse mundo: deve ser a vez de outra pessoa sofrer, não? Na próxima, me pula, por favor. Já não consigo mais me despedir de beijos, ter que apagar telefones, e encontrar tanta gente no mundo que quer tudo, menos viver um amor. Será que o problema sou eu? É tanta pancada que eu já chego a duvidar de mim. Mas não deve ser, ou eu não estaria preocupado com isso, eu não me importaria.

Eu só peço para não perder a esperança, para não deixar de acreditar. E eu peço também para não me iludir tão fácil. Não, eu não posso mais me entregar tão fácil, eu preciso entender que existem pessoas especialmente canalhas no mundo, gente capaz de tudo e que não se importa com nada, muito menos comigo. Então, um último pedido de um coração cansado, por favor, não me leve para sua vida se eu não vou poder ficar, não me leve para a sua casa se eu vou ter que arrumar o lençol para você receber o próximo, não seja carinhoso comigo, se não consegue segurar essa máscara até o final. Me diga a verdade, me mostre quem é você.

Não que eu queira alguém perfeito, mas eu preciso saber se eu aguento o seu defeito. Então, sem truques, somos todos adultos, ou é hora de começarmos a ser. Se quer só se aproveitar de mim, me avisa, quem sabe eu não aceito? Mas me avisa, não seja covarde. Pague o preço, chegue cedo, não tenha medo, eu posso fazer valer a pena. Não precisa ser o dia inteiro, mas na maior parte do tempo, eu imploro, me faça feliz! Ou me informe com antecedência caso não tenho a intenção de fazer. É a minha vida, é o meu coração, eu tenho o direito de saber. Eu preciso contar uma nova história, eu preciso escrever outras palavras, eu preciso mais do que nunca de um final feliz sem fim.

''Eu vou para a cama todo dia com 5 livros e uma saudade imensa de você. Ao invés de estar por aí caçando qualquer mala na rua pra te esquecer ou para me esquecer. Porque eu me banco sozinha e eu me banco com um coração. E não me sinto fraca ou boba ou perdendo meu tempo por causa disso. Você não sabe como isso é infinitamente melhor do que acordar com essa ressaca de coisas erradas e vazias"
Tati Bernardi

Tenho trabalhado tanto, mas sempre penso em vc. Mais de tardezinha que de manhã, mais naqueles dias que parecem poeira assenta e com mais força quando a noite avança. Não são pensamentos escuros, embora noturnos…
Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você. Eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende?
Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu.
Mas se você tivesse ficado, teria sido diferente?
Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente?
Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia — qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido.

Tinha terminado, então. Porque a gente, alguma coisa dentro da gente, sempre sabe exatamente quando termina.

Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas. Uma lembrança boa de você, uma vontade de cuidar melhor de mim, de ser melhor para mim e para os outros. De não morrer, de não sufocar, de continuar sentindo encantamento por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sempre traz, e então não repetir nenhum comportamento. Ser novo.
Mesmo que a gente se perca, não importa. Que tenha se transformado em passado antes de virar futuro. Mas que seja bom o que vier, para você, para mim. Te escrevo, enfim, me ocorre agora, porque nem você nem eu somos descartáveis.
. . . E eu acho que é por isso que te escrevo, para cuidar de ti, para cuidar de mim – para não querer, violentamente não querer de maneira alguma ficar na sua memória, seu coração, sua cabeça, como uma sombra escura.

Caio Fernando de Abreu

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Há Momentos


Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.

Clarice Lispector
By:Mariia =)

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Tudo por nada

Se eu soubesse que ia ser assim
Tudo por nada.
E confesso que eu acreditei
em meias-verdades

Você nunca me disse
Te amo
Mas também não disse que não
Enquanto eu fazia
tantos planos

Que você nunca vai saber
Nunca vai saber
Quando você ama alguém que não te quer
Quando há um outro homem, outra mulher
Mesmo assim ainda te amo
Mesmo sabendo que eu
Posso, de repente
Ser o outro
Não posso te esquecer
Se eu soubesse que ia ser assim
Desde o começo
Não teria te ligado não
Mas bem que eu mereço
Alguém tão diferente,
brilhava
E parecia querer
Aquilo que eu sempre
sonhava
E que você não soube ser
Você não pode ser
Quando você ama alguém que não te quer
Quando há um outro homem, outra mulher
Mesmo assim, ainda
Te amo
Mesmo sabendo que eu
Posso, de repente
Ser o outro
Eu não consigo te esquecer
Não posso te esquecer
Se eu soubesse que ia ser assim
Tudo por nada.

Paulo Ricardo

By:Mariia =)

terça-feira, 27 de abril de 2010

A cruz e a espada


Havia um tempo em que eu vivia
Um sentimento quase infantil
Havia o medo e a timidez
Todo um lado que você nunca viu
E agora eu vejo aquele beijo
Era mesmo o fim

Era o começo e o meu desejo
Se perdeu de mim
E agora eu ando correndo tanto
Procurando aquele novo lugar
Aquela festa
O que me resta
Encontrar alguém legal pra ficar
E agora eu vejo
Aquele beijo
Era mesmo o fim

Era o começo e o meu desejo
Se e perdeu de mim
E agora eu vejo
Aquele beijo
Era mesmo o fim
Era o começo e o meu desejo
Se perdeu de mim
E agora é tarde
Acordo tarde
Do meu lado alguém
Que eu nem conhecia

Outra criança adulterada
Pelos anos que a pintura escondia.

Paulo Ricardo- A cruz e a espada.

By:Jéh

terça-feira, 20 de abril de 2010

De mulher ,Pra mulher.....


Você já ficou esperando aquele carinha super mara te ligar? Já? Então você vai entender do que eu estou falando nesse post, e com certeza você já deve ter ouvido ou lido algo parecido por ai.

Então não vou falar de como é péssimo esperar que ele ligue ou como eles são estúpidos por não ligarem quando dizem que vão ligar. Nada disso, meu assunto aqui é outro.

Vim aqui pra falar sobre a globalização. Aí você pergunta: "E o que a globalização tem a ver com meu bofe?" Ai eu te respondo: " Se o seu bofe for igual ao meu benhê... tudo!"

Enfim vamos lá... Hoje em dia as pessoas tem celular, e-mail, msn, orkut, twitter e mil e um meios de comunicação, tudo culpa da globalização e a necessidade de se comunicar com as outras pessoas mais facilmente, enfim, o meu bofe tem orkut, tem e-mail, tem msn e celular, mas com todos esses meios de comunicação se comunicar com ele é muito complexo.

Aí você pergunta: “Porque?”.

Aí eu te respondo, muito simples porque eu fico neurótica [como toda mulher normal nesse mundo, [sim porque na minha concepção mulher normal sempre tem uma ou outra neurose, duvido que a Gisele não tenha nem uminha, voltando ao foco!] de tantos meios de comunicação possíveis sou quase que obrigada a checar cada um deles de dez em dez minutos para ver se um contato não foi realizado...

Pense na simplicidade que era quando você só precisava esperar ele ligar agora ele pode te ligar, te mandar um e-mail, entra no msn ou simplesmente te deixar um scrap no orkut! OMG, quem agüenta isso? Eu não!!!

No início eu era neurótica deixava o pc on-line e verifica sempre agora com o tempo aprendi a abstrair e verifico de meia e meia hora ou de uma em uma hora [afinal ninguém é perfeito, muito menos eu!]!

Pois então ai vai minha dica: amigaaaaaa abstraia, sempre procure abstrair porque senão quando ele finalmente ligar pra marca um encontro você vai perceber que não fez as unhas, sua chapinha já partiu a muito tempo, e você ta com uma cara de derrota que vai fazer o bofe fugir, e mesmo que ele não ligue nem um outro cara vai querer você com uma aparência dessas!

Obrigada por nada!





Lembra de quando nos conhecemos? Eu tinha medo disso e daquilo, como sempre tive, e você parecia saber de tudo no mundo. Quase nada te assustava. Era o que parecia. Rimos muito aquele dia, porque eu caí, como eu sempre caio. A sorte foi que você me segurou, e assim ficou até hoje. Me segurando, sem soltar. Me solta?
Tudo que começa mal, acaba mal, ou é só mais uma das coisas que só acontecem comigo?
Te vejo hoje, com os mesmos olhos que via antes, mas não com a mesma ternura. Não com a mesma vontade de enxergar. E você? Alguma vez já me viu, ou foi tudo uma questão de estar no lugar certo, na hora certa? As coisas que eu tenho dito, não fazem mesmo nenhum sentido. Nem pra mim, que dirá pra você (ou alguém). Voce me fazia rir. Hoje me sufoca e tudo o que eu sentia, está realmente acabado.
Eu fiz chover em muitas noites por achar que o problema fosse eu. O problema sempre sou eu.
Mas hoje fez sol, porque não era eu. Era você. Sempre foi você.

Ps: Não precisa me ligar, eu não vou mais atender. Tenha uma boa vida. De verdade.
Obrigada por nada!

By:Jéh =]

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Últimos segundos

(...)Corra e cole os pedaços, corra e segure meus pés no chão porque eu estou quase voando, ou me faça voar novamente com você. Por favor, não espere o sanduíche ou a festa do ano, não espere a minha próxima assoada de nariz e a minha cara assustada perdida na sua ausência. Venha logo, traga de volta a minha certeza, não deixe, por favor, não deixe(...)Não espere o horário do trânsito livre, não espere ouvir o que você não quer, não espere a vida dar merda para colocar a culpa na vida.
Eu ainda estou aqui por você, limpa, ilesa, sua. Mas cada milímetro do meu corpo me implora por vida, por magia, por encantamento. (...)Eu lembrei que enxergar sem pretensões você dormindo, com o seu ombro caído pra frente fazendo bochechas de criança na sua cara feliz, é a visão do paraíso pra mim.
(...)Eu preciso que você me lembre de que eu não preciso de mais nada, que mais nada é tão perfeito e que podemos ser um casal imbatível.
Caso tudo isso seja um trabalho inconsciente para me perder, parabéns, você está conseguindo. Mas se ainda existir dentro de você alguma esperança, eu preciso demais que você me abrace e me faça sentir aquilo novamente. É fácil, basta você querer, eu ainda quero tanto.
Venha agora, não espere o músculo, a piada, o botão, o calo, a saudade, o arrependimento, o vazio. Eu preciso sentir que você ainda sente, eu preciso que o seu coração dê um choque no meu,
eu preciso saber que seu peito ainda aperta um pouco quando eu vou embora e se espalha como borboletas nas veias quando eu chego.
(...)Eu ainda preciso que você me ache bonita, se surpreenda, me comemore e esqueça um pouco de todo o resto pra se encantar sem medo do tempo. Não me tire a razão, não me tire a honra, não me faça estragar tudo só para sentir o vento na cara de novo e a música alta. Berre e assopre em mim enquanto é tempo. (...)Venha agora, ganhe a corrida, passe todo o resto pra trás, é você quem eu continuo eternamente esperando na linha final.
Tati Bernardi
By:Mariia =)

sábado, 17 de abril de 2010

Nunca destrua o meu carinho por você.

Dessa vez, com você, eu queria que desse certo. Que eu não te largasse no altar. Que eu não te visse com outra. Que eu não tivesse raiva. Que você não passasse a comer de boca aberta. Que você entendesse o meu problema com chãos de banheiro molhados pra sempre.Que você gostasse e cuidasse de mim como disse ontem à noite que cuidará. Eu quero que dê certo, não estraga, por favor. Não estraga não estraga não estraga. Posso pôr um post-it na sua carteira? Mesmo que a gente não fique juntos pra sempre. Mesmo que acabe semana que vem. Nunca destrua o meu carinho por você. Nunca esfrie o calorzinho que aparece dentro de mim quando você liga, sorri ou aparece no olho mágico da minha porta. Mesmo que você apareça na porta de outras mulheres depois de me deixar. Me deixe um dia, se quiser. Mas me deixe te amando. É só o que eu peço.

Tati Bernardi
By:Mariia !

Maria Rita-Não Vale a pena

Ficou difícil
Tudo aquilo, nada disso
Sobrou meu velho vício de sonhar
Pular de precipício em precipício
Ossos do ofício
Pagar pra ver o invisível
E depois enxergar

Que é uma pena
Mas você não vale a pena
Não vale uma fisgada dessa dor
Não cabe como rima de um poema
De tão pequeno
Mas vai e vem e envenena
E me condena ao rancor
De repente, cai o nível
E eu me sinto uma imbecil
Repetindo, repetindo, repetindo
Como num disco riscado
O velho texto batido
Dos amantes mal-amados
Dos amores mal-vividos
E o terror de ser deixada
Cutucando, relembrando, reabrindo
A mesma velha ferida
E é pra não ter recaída
Que não me deixo esquecer

Que é uma pena
Mas você não vale a pena

"Sou dramática, intensa, transitória e tenho uma alegria em mim que quase me deixa exausta. Eu sei sorrir com os olhos e gargalhar com o corpo todo. Eu sei chorar toda encolhida abraçando as pernas. Por isso, não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, vísceras, e falta de ar.""

"Minha liberdade é escrever. A palavra é o meu domínio sobre o mundo. Eu escrevo sem esperança de que o que eu escrevo altere qualquer coisa. Não altera em nada... Porque no fundo a gente não está querendo alterar as coisas. A gente está querendo desabrochar de um modo ou de outro..."

Clarice Lispector

By:Mariia !=)

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Será que sou a única idiota do mundo?

Olho para a pilha de papéis que devo ler e anotar em vermelho e penso: caguei.
Preferia umas cem vezes te ver saindo do banho novamente, limpo de mim.Pronto pra se sujar de mim novamente.Aí olho para essa pilha de livros que ensinam a roteirizar e penso: grande merda.Prefiria repassar pela milésima vez o roteiro que começa com você me beijando mais intenso, evolui pra você me beijando mais pra baixo e termina com você me beijando já sem forças.(...) Chegou um e-mail com a programação completa do meu curso de yoga.Chegou outro com uma planilha de Excel cheia de datas que eu devo cumprir.Chegou outro com a mais nova modalidade de assalto na Henrique Schaumann.Grande bosta.Eu só queria que chegasse um e-mail seu.Ou melhor: que você chegasse ao vivo.E que você me trouxesse aqui a sua barriga, a sua nuca, a parte mais branca das sua coxas, a sua cara de bravo até pra sentir prazer e o seu cheiro de cigarro com amaciante.Me traz você, por favor.Me traz e leva embora todas essas coisas chatas que só servem para ocupar minhas horas enquanto você não chega.(...) A internet me diz que a crise aérea não tem solução.E essa minha saudade de você? Será que tem?Não, o segundo casamento não é uma praga papa, praga é sentir isso.Praga é acumular jornais, revistas, livros e papelada.Tudo sem ler. Tudo sem sentir.(...) Aí eu tomo um banho bem quente, pra te espantar da minha pele.E canto bem alto, pra te espantar da minha alma.E escovo minha língua bem forte, pra separar seu gosto do meu.(...) E eu escrevo um parágrafo e corro pra ver se tem e-mail.E eu escrevo uma linha e corro pra ver se tem mensagem de texto.E eu não escrevo nada e também não corro, apenas deixo você chegar aqui do meu lado, em pensamento.E me pego sorrindo, sozinha.E me pego nem aí para todo o resto.Mas sabe o que acontece enquanto isso?Enquanto eu não me movo porque estou lotada de você e me mover pesa demais?O mundo acontece.O mundo gira.As pessoas importantes assinam contratos, ganham dinheiro.As pessoas simples lutam por um lugar na condução, um lugar no mundo.Estão todos lutando.Estão todos ganhando dinheiro.Estão todos fazendo algo mais importante e mais maduro do que suspirar como uma idiota e só pensar em você.Eu tenho muita inveja dessas pessoas maravilhosas, adultas, evoluídas e espertas que conseguem separar a hora de ir a uma reunião de condomínio com a hora de desejar alguém na escada do condomínio.A hora de marcar o dentista com a hora de engolir alguém.A hora de procurar a palavra "macambúzio" no dicionário com a hora de se perder com as suas palavras que de tão simples parecem complexas.A hora de ser inteira e a hora de catar meus pedaços pelo mundo enquanto você dá sinais desmembrados.Eu não consigo nada disso, eu me embanano toda, misturo tudo, bagunço tudo.A minha única dúvida é se sou a única idiota a fazer isso comigo ou se sou a única idiota a admitir que faço isso comigo.

Tati Bernardi

Inevitável te querer
Insuportável te perder
Incontrolável me conter
cada vez que meu coração te vê
Indecifrável teu poder
Inexplicável ter você
Insuportável te esquecer
Depois de tudo tento te entender...


Mesmo que...

Mesmo que você não venha, eu vou te esperar. Mesmo que você não ligue, eu vou ouvir o telefone tocar. Mesmo que você não aprecie, é por você que eu vou me arrumar. Mesmo que você não lembre, eu não vou te esquecer. Mesmo que a Lua não apareça, eu vou olhar para ela pensando em você. Mesmo que não tenha mar, eu vou perguntar para onde aquela onda te levou. Mesmo que não tenha vento, eu vou pedir à brisa que te traga. Mesmo que você não precise, eu vou querer ser necessário. Mesmo que eu não saiba a letra, eu vou cantar para você. Mesmo que você não passe, eu vou continuar olhando. Mesmo que você não ouça, eu vou continuar te chamando. Mesmo que eu não queira o seu apelido, eu vou querer ter seu nome completo. Mesmo que eu já saiba o final, eu vou rever aquele filme. Mesmo que eu não saiba os passos, eu vou refazer os seus caminhos. Mesmo que eu me deite só, é em você que eu vou pensar antes de dormir. Mesmo que o perfume acabe, eu ainda vou sentir seu cheiro. Mesmo que as cores sumam, ainda será tudo colorido quando eu me lembrar do que há de bom em você. Mesmo que eu me canse, eu vou te procurar pela cidade. Mesmo que eu não te encontre, eu ainda vou te levar comigo. Mesmo que você não creia em Deus, eu vou ajoelhar e pedir a Ele que te proteja. Mesmo que você não saiba, mesmo que você não leia, mesmo que você apague, mesmo que você desista, mesmo que nada dê certo e eu descubra um novo sonho. Ainda assim, eu vou querer sonhar com você outra vez. Mesmo que, ainda que, embora, contudo, sobretudo, por tudo, será sempre você e mais ninguém.

Ruleandson do Carmo


E agora, o que eu vou fazer?
Se os seus lábios ainda estão molhando os lábios meus?
E as lágrimas não secaram com o sol que fez? E agora como posso te esquecer?
Se o seu cheiro ainda está no travesseiro?(...) Espero que o tempo passe
Espero que a semana acabe Pra que eu possa te ver de novo Espero que o tempo voe
Para que você retorne Pra que eu possa te abraçar E te beijar De novo E agora, como eu passo sem te ver?

Nando Reis

terça-feira, 13 de abril de 2010

Superação total...

Ainda vai levar um tempo
Pra fechar
O que feriu por dentro

Natural que seja assim
Tanto pra você
Quanto pra mim...

Ainda leva uma cara
Pra gente poder dar risada
Assim caminha a humanidade
Com passos de formiga
E sem vontade...

Não vou dizer que foi ruim
Também não foi tão bom assim
Não imagine que te quero mal
Apenas não te quero mais...


Lulu Santos- Assim caminha a humanidade!

Uma musica de superação as vezes eh bom!

By: Jéh =]


segunda-feira, 12 de abril de 2010

Borboletas...

...Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia nós percebemos que as mulheres têm instinto "caçador" e fazem qualquer homem sofrer ...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como "bonzinho" não é bom...
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos
todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas
as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de
se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas…
É cuidar do jardim para que elas venham até você.


Mário Quintana


By: Jéh =]

domingo, 11 de abril de 2010

Eu não gosto de você...

Estou há horas no MSN e sobe a plaquinha de você entrando. Paro tudo que estou fazendo e repito em mantra: eu não gosto dele, eu não gosto dele, eu não gosto dele.(...) Espero você vir falar comigo. Um, dois, três, dez segundos. Meu coração dispara, mas eu mando ele parar.(...) Cansei de ser sempre aquela garota certinha, bonitinha, perfeitinha.(...) Chega. Dessa vez vou acertar(...)Eu gosto das pessoas pelo prazer de gostar e não porque deu tempo de gostar delas. E ninguém entende nada.(...) Você não sabe por que eu não respondo seus emails há dois dias. Eu te conto que é porque estava muito muito ocupada. Minhas amigas sempre usam essa desculpa.(...) Mas dessa vez tô ignorando as mensagens. Mesmo que a caixa de entrada fique aberta o dia todo esperando um email seu. Mas você jamais vai saber disso.(...) Você é diferente, mas eu não to afim de arriscar não. Chega.
Você me salvou. Eu não agüentava mais pensar nos mesmos caras que eram sempre os mesmos caras. Com as mesmas roupas, com os mesmos assuntos, andando com os mesmos amigos.(...) Já perdi a conta do quanto a gente já conversou e apesar de eu me encantar com os seus olhos, com as suas palavras, com a sua inteligência e esse charme blasé de quem sabe o que quer... Eu nunca te elogiei. Eu quero eternizar o seu sorriso lindo – mas eu nunca falei dele pra você. Nem falei do seu cheirinho bom. Que é o cheiro de uma nova vida que eu estava precisando tanto. Não quero falar que te adoro principalmente porque eu já nem sabia mais como era adorar alguém novinho em folha antes de você aparecer. Não, eu não vou sonhar com você. Chega de sonhar com passeios de mãos dadas. Dessa vez vou fazer tudo direito. Chega.(...) Acredito no amor pra sempre. Acredito em alma gêmea. Você nem sonha com essas coisas porque só conversamos coisas leves e engraçadas. E alguns assuntos cabeça também pra eu poder saber o quão inteligente você é.(...) Eu corro pro espelho e repito cem vezes que EU NÃO GOSTO DE VOCÊ. Não gosto de você. Não gosto de você. Porque se eu gostar de você, eu sei que você vai embora. Pra mais longe ainda. E eu simplesmente não agüento mais ninguém indo embora. Porque nesse mundo maluco só se dá bem quem ignora completamente a brevidade da vida e brinca de não estar nem aí para o amor.(...) Estou morrendo de vontade de ser eu, mas ser eu só tem me feito perder e perder. E eu quero ganhar. Só dessa vez. Chega. Mas eu quero me dar de bandeja pra você. Dizer com todas as letras: A-P-A-I-X-O-N-A-D-A! Boba. Louca por você. E dentro de mim uma voz diz: vai, fala. Se abre. Revela. Vive um dia e já está bom. Mas não. Depois eu demoro semanas pra me levantar porque fui intensa e vivi um dia. Não agüento mais nada disso. Por isso, dessa vez, eu não vou gostar de você. Tchau. Digo que vou sair do MSN porque estou cansada e trabalhei muito. Você jura que eu não estou nem aí pra você. Melhor assim. Dessa vez quero fazer tudo certo.(...) Aí eu fico off line e olho aquele bonequinho verde do lado do seu nome. Três segundos e você também sai. A minha vontade é te ligar, pra contar o quanto gosto de você. E te pedir em namoro. E me declarar. Falar palavras lindas, frases perfeitas, poéticas, sensíveis. Mas não! Eu sou uma mocinha. E mocinhas só se declaram depois de um mês de namoro. Ou depois que o garoto fala que gosta delas. Dessa vez vai ser assim. Chega.E se você não desistir mesmo com todo esse teatro que eu estou fazendo... Vai ser a prova de que eu precisava pra saber que você realmente vale a pena.

Tati Bernardi

By:Mariia =)

Música

As pessoas seguram uma risada quase de pena. Mas se ele nem morava aqui, mas se ele não ficou mais do que uma semana com você, mas se já faz tempo que ele se foi, sem nunca ter sido. Então o quê? Nem eu sei. Mas sei da minha enxaqueca que já dura uma semana. Latejando sem parar. O coração que subiu nos meus ouvidos. Gritando que sente falta e pronto(...)Não tem poesia nem palavra difícil e nem construção sofisticada. O amor é simples como sorrir numa droga de fila. E não se sentir mais sozinho e nem esperando e nem desesperado e nem morrendo e nem com tanto medo(...)Voltei a achar todo mundo feio e bobo e sem nada a dizer(...)Quando alguém não entende o meu amor, eu lembro daquele dia que você não queria tocar violão pra mim. Até que dedilhou reclamando que não era o seu violão. Daí tentou uma música conhecida. Tentou uma menos conhecida. Daí tocou uma sua, com a voz baixinha e olhando pro nada. E então me encarou e cantou com a voz alta. E então largou o violão, me encarou e cantou bem alto a sua dor, de pé, na minha frente, e eu achei que meu peito ia explodir. E ri achando que você ia sair correndo e dar um show na padoca da frente. E naquele momento eu pensei que poderíamos ser infinitos se fossemos música. E isso explica tudo, mas ninguém entende. Você entende. Mas cadê você?
Quando vai dando assim, tipo umas onze da noite, o horário que a gente se procurava só pra saber que dá pra terminar o dia sentindo algum conforto. Quando vai chegando esse horário, eu nem sei. É tão estranho ter algo pra fugir de tudo e, de repente, precisar principalmente fugir desse algo. E daí se vai pra onde?

Tati Bernardi !

By:Mariia =)

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Eu quis dizer
Você não quis escutar
Agora não peça
Não me faça promessas...
Eu não quero te ver
Nem quero acreditar
Que vai ser diferente
Que tudo mudou...

Você diz não saber
O que houve de errado
E o meu erro foi crer
Que estar ao seu lado
Bastaria!

Ah! Meu Deus!
Era tudo o que eu queria
Eu dizia o seu nome
Não me abandone...
Mesmo querendo
Eu não vou me enganar

Eu conheço os seus passos
Eu vejo os seus erros
Não há nada de novo
Ainda somos iguais
Então não me chame
Não olhe prá trás...

Você diz não saber
O que houve de errado
E o meu erro foi crer
Que estar ao seu lado
Bastaria!

Ah! Meu Deus!
Era tudo o que eu queria
Eu dizia o seu nome
Não me abandone jamais...

Peeeerfeita!

Meu Erro-Paralamas do Sucesso.

By:Jéh =]

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Parada

Sei todos os ângulos de ir, mas vivo no lugar de quem fica. Estou na estação há tanto tempo. E sempre tem gente chegando e indo. E sempre tem amor e bala e dinheiro e cama e água e fins de tarde bonitos e brinquedos e catracas com a segurança de uma novidade de sempre. Em alguns momentos fica o equilíbrio terrível de nunca ir. Fica a dor terrível de todo mundo que foi. Fica a ansiedade terrível de todo mundo que tem pra chegar. Agora. Agora. A cada volta de uma piscada eu tenho minha esperança renovada. Mas nenhum desses silêncios chega perto do som que é viver ouvindo o mundo se locomovendo enquanto só tento enxergar de olhos bem abertos sem me mexer(...)Eu sou uma estação, é isso. Assim não dói além porque eu sei, desde o começo, que sou passagem. Então, vão, mas logo apita de novo. E é sempre movimentado, mesmo quando apagam as luzes e a vida dos outros descansa da minha parada. Existe o movimento que fica atrasado no ar e durmo embalada por tanta coisa que quase parece coragem. Até que hoje, não sei se porque enjoei dessa casa da infância, não sei se porque às vezes o amor é mesmo mais forte que mil anos de segurança. Eu pisei tremendo na escada e o homem da catraca era tão diferente de todo mundo e, pela primeira vez, as placas e mulheres do caixa e bilhetes e pessoas e brinquedos coloridos e apitos e fins de tarde e moças da limpeza. Ninguém tentou me agarrar porque era como se o mundo dissesse “acho que são cinco da tarde e uma hora você precisa ser mulher”. E eu pedi socorro. Eu não sei sair daqui mas quero ir com você. Eu tenho cinco anos de idade mas quero ir com você. Tudo me dói tanto e eu tenho tanto medo mas tudo bem, vamos lá. Na próxima parada só me lembra que é bom eu fazer xixi e comer alguma coisa porque tô te achando tão bonito que talvez eu esqueça.

Tati Bernardi

By:Mariiaaa =)

Vivendo e aprendendo (Literalmente...)

EU APRENDI
Que quando você está amando dá na vista;
EU APRENDI
Que basta uma pessoa me dizer “Você fez meu dia” para ele se iluminar;
EU APRENDI
Que Deus não fez tudo num só dia; O que me faz pensar que eu possa?
EU APRENDI
Que ignorar os fatos não os altera;
EU APRENDI
Que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas está permitindo que essa pessoa continue a magoar você;
EU APRENDI
que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;
EU APRENDI
Que a maneira mais fácil para eu crescer como pessoa é me cercar de gente mais inteligente do que eu;
EU APRENDI
Que cada pessoa que a gente conhece deve ser saudada com um sorriso;
EU APRENDI
Que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;
EU APRENDI
Que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;
EU APRENDI
Que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.
EU APRENDI
Que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;
EU APRENDI
Que devemos sempre ter palavras doces e gentis pois amanhã talvez tenhamos que engoli-las;
EU APRENDI
Que um sorriso é a maneira mais barata de melhorar sua aparência;
EU APRENDI
Que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;
EU APRENDI
Que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você está escalando-a;
EU APRENDI
Que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.

William Shakespeare

By:Jeh =)

Chuva

Eu nunca tinha visto uma chuva tão forte. Não eram gotas, era como se o mundo tivesse desabando em água. Era como estar embaixo de uma cachoeira do tamanho de uma cidade(...)
Era impossível não pensar no 2012, por mais que eu ache esse papo maluco e chato(...) Era isso, o mundo que não se controla. A ordem caótica que, de repente, vira apenas caos e pensamos “como é que tinha ordem antes mesmo?”. E ganha quem tem mais desespero no peito(...) Se dói tanto amar, porque continuamos. Se dá tanta solidão pagar contas e impostos, porque continuamos. Se as relações são feitas também de tanta maldade, por quê? Se arranhamos e beliscamos tanto só pra tocar alguém. Se o corpo dói só porque não aceitamos pedir carinho. Mas é preciso se entregar em casa. Depois se pensa a respeito ou, com muita sorte, o cansaço vence querer entender tudo(...)


Tati Bernardi

By:Mariiaa

terça-feira, 6 de abril de 2010

Se me mantenho respirando é porque lembrei-me de tudo, cada palavra e sorriso, da maneira como costumava ser.

E respirando percebo que há mais de você em mim do que vida!

E você estará em mim, todas as vezes em que eu recriar essa história. E eu estarei aqui, pelo tempo em que você me prender em suas memórias!


HellenColly

By: Ve Mazza
"Então vocês vão se distanciando e quando vocês se encontram, vocês vão falar assim: oi, tudo bom e tal, como é que vão as coisas? E aí ele vai te falar por cima de tudo o que ele viveu e, não sei, vai ser uma proximidade distante. Não adianta, no momento que as pessoas se afastam elas estão irremediavelmente perdidas uma pra outra"

Tati Bernardi

By:Mariia

Carta de Amor

-Não quero alguém que morra de amor por mim...
Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando.
Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade.
Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim...
Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível...
E que esse momento será inesquecível...
Só quero que meu sentimento seja valorizado.
Quero sempre poder ter um sorriso estampando em meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre...
E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém...
E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.
Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho...
Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento...
E não brinque com ele.
E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.
Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe... Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz.
Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos, talvez obterei êxito e serei plenamente feliz.
Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas...
Que a esperança nunca me pareça um "não" que a gente teima em maquiá-lo de verde e entendê-lo como "sim".
Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder dizer a alguém o quanto ela é especial e importante pra mim, sem ter de me preocupar com terceiros... Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.
Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... Que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim...e que valeu a pena !

Mário Quintana

By Jéh! =)
Gosto de gente de verdade. Se você não consegue ser, por favor, não perca o seu tempo comigo. Sempre fui de me dar assim, refazendo verbos, iniciando frases, completando palavras. E quando alguma coisa falta, tudo bem, existe abraço que fala, olhar que entende, sorriso que é cúmplice. A gente precisa perder a mania de complicar as coisas. Sei que escrever é bonito e viver às vezes dá um trabalhão. Me complico também, não pense que não. Mas sou toda de verdade, entende? Por mais que saia da boca alguma coisa com um quê de inverdade, os olhos nunca traem o que faz meu coração bater ou ficar mudo. E ele perde a voz muitas vezes. Ou fica rouco. Louco. Coração, você sabe, é um pouco temperamental e difícil de conviver, ainda mais o meu.
O que eu peço é que você seja sempre de verdade também. Que me queira assim, imperfeita e cheia de confusões. Que saiba os momentos em que eu preciso de uma mão passando entre os fios de cabelo. Que perceba que às vezes tudo o que eu preciso é do silêncio e do barulho da nossa respiração. Que veja que eu me esforço de um jeito nem sempre certo. Que veja lá na frente uma estrada, inteiramente nossa, cheia de opções e curvas. E que aceite que buracos sempre terão. O que eu peço é que você me veja de verdade. Que não queira a melhor mulher do mundo. Que você olhe dentro de mim e veja o que eu sou, com meus momentos de sabedoria, esperteza, alienação e ingenuidade, porque eu nunca vou saber tudo. E entenda que de vez em quando faço questão de não saber nada. Que você note que eu faço o melhor de mim e vezenquando desconheço o que eu realmente posso ser. Peço que você tenha paciência grátis e um colo que não faça feriadão. Que me ensine mais, a cada dia, o meu. E o seu.
Ouvi falar que algumas coisas, quando são muito ditas, acabam perdendo o sentido que deveriam ter. É aquela velha história do tempo. Vamos dar um tempo. Se o casal resolve dar um tempo sempre o bendito tempo acaba perdendo o seu valor. Eu quero que o tempo nos dê todo o tempo do mundo, só assim poderemos nos descobrir mais e mais vezes. Porque tudo é uma constante descoberta, por mais que já pareça o suficiente. Tem a outra velha história do terminar. Uma briga e ah, vamos terminar. Outra briga e está tudo terminado. O terminar perde o sentido e uma briga tola se transforma em fim. Dizem que quando o eu te amo é muito dito ele não vira mais um eu te amo, passa a ser um bom dia ou um oi, tudo bem? Isso me preocupou, logo que eu soube, porque a gente diz muito e sempre. Eu te amo, eu te amo, eu te amo. É que amores grandes assim não cabem dentro do peito, precisam de espaço. Saem pela boca, dedos, olhos. E quer saber? Quem diz isso não deve amar assim não. Porque quando a gente ama não se guarda.
"Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos.
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali".
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR"


Clarice Lispector

by:Jéh
Sim, eu estou cansado. Não, eu não aguento mais machucar meu coração. Não suporto mais me decepcionar com as pessoas, descobrir que elas não gostavam de mim ou que elas não gostavam sequer delas mesmas. Tem sido difícil dormir e acordar no mesmo pesadelo por repetidas vezes. Já sinto vergonha de contar ao meu coração que me apaixonei de novo. Já não sei mais com que cara e de que jeito contar aos amigos que não deu certo mais uma vez. Será que já não gastei toda a minha cota de desilusões pelas próximas dez encarnações? Alguém aí que comanda esse mundo: deve ser a vez de outra pessoa sofrer, não? Na próxima, me pula, por favor. Já não consigo mais me despedir de beijos, ter que apagar telefones, e encontrar tanta gente no mundo que quer tudo, menos viver um amor. Será que o problema sou eu? É tanta pancada que eu já chego a duvidar de mim. Mas não deve ser, ou eu não estaria preocupado com isso, eu não me importaria.

Eu só peço para não perder a esperança, para não deixar de acreditar. E eu peço também para não me iludir tão fácil. Não, eu não posso mais me entregar tão fácil, eu preciso entender que existem pessoas especialmente canalhas no mundo, gente capaz de tudo e que não se importa com nada, muito menos comigo. Então, um último pedido de um coração cansado, por favor, não me leve para sua vida se eu não vou poder ficar, não me leve para a sua casa se eu vou ter que arrumar o lençol para você receber o próximo, não seja carinhoso comigo, se não consegue segurar essa máscara até o final. Me diga a verdade, me mostre quem é você.

Não que eu queira alguém perfeito, mas eu preciso saber se eu aguento o seu defeito. Então, sem truques, somos todos adultos, ou é hora de começarmos a ser. Se quer só se aproveitar de mim, me avisa, quem sabe eu não aceito? Mas me avisa, não seja covarde. Pague o preço, chegue cedo, não tenha medo, eu posso fazer valer a pena. Não precisa ser o dia inteiro, mas na maior parte do tempo, eu imploro, me faça feliz! Ou me informe com antecedência caso não tenho a intenção de fazer. É a minha vida, é o meu coração, eu tenho o direito de saber. Eu preciso contar uma nova história, eu preciso escrever outras palavras, eu preciso mais do que nunca de um final feliz sem fim.
''Eu vou para a cama todo dia com 5 livros e uma saudade imensa de você. Ao invés de estar por aí caçando qualquer mala na rua pra te esquecer ou para me esquecer. Porque eu me banco sozinha e eu me banco com um coração. E não me sinto fraca ou boba ou perdendo meu tempo por causa disso. Você não sabe como isso é infinitamente melhor do que acordar com essa ressaca de coisas erradas e vazias"
Tati Bernardi
Tenho trabalhado tanto, mas sempre penso em vc. Mais de tardezinha que de manhã, mais naqueles dias que parecem poeira assenta e com mais força quando a noite avança. Não são pensamentos escuros, embora noturnos…
Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você. Eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende?
Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu.
Mas se você tivesse ficado, teria sido diferente?
Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente?
Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia — qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido.

Tinha terminado, então. Porque a gente, alguma coisa dentro da gente, sempre sabe exatamente quando termina.

Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas. Uma lembrança boa de você, uma vontade de cuidar melhor de mim, de ser melhor para mim e para os outros. De não morrer, de não sufocar, de continuar sentindo encantamento por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sempre traz, e então não repetir nenhum comportamento. Ser novo.
Mesmo que a gente se perca, não importa. Que tenha se transformado em passado antes de virar futuro. Mas que seja bom o que vier, para você, para mim. Te escrevo, enfim, me ocorre agora, porque nem você nem eu somos descartáveis.
. . . E eu acho que é por isso que te escrevo, para cuidar de ti, para cuidar de mim – para não querer, violentamente não querer de maneira alguma ficar na sua memória, seu coração, sua cabeça, como uma sombra escura.

Caio Fernando de Abreu